domingo, 12 de dezembro de 2010

Sobre o destino.



Nós brigamos. Pedimos perdão e ficamos horas nos culpando pela briga. Nós pedimos a Deus para esquecer, ao mesmo tempo que imploramos por mais uma lembrança.

Porque eu queria te esquecer mesmo?
Eu digo pra você não me ligar, e ligo brigando querendo saber porque você não me ligou. Não é porque eu te mandei ir embora, que você tem que ir. Pelo contrário, se eu grito com você é porque eu quero que entendas melhor que eu preciso que fique.
Nós fechamos a cara e juramos que precisamos seguir em frente, e pedimos todos os dias para só mais um passo para trás, para voltarmos aquela sensação de "compreensão" que só sentimos um com o outro.
É o elo invisivel e incompreensivel que não permite que nos afastemos demais. É ele que nos faz sentir saudade, e querer voltar para mais uma conversa, mais uma risada, uma ou outra história.

Eu vejo minha vida caminhando de forma impar. E o verão vem me apresentando a nova mulher que eu posso ser. Uma força descomunal que me faz ser a mais decidida das pessoas, e a mais humilde também, porque eu sei de tudo que eu posso, mas eu sei que olhar para trás, olhar para você ainda tem relevância para mim.
Eu ainda preciso te contar como foi meu dia, e saber se você está bem, se está se alimentando, se está inteiro, se seu coração está batendo e sua fé crescendo.
Eu preciso ver você melhor, meu bem. Preciso deixar tudo certo, e a porta aberta, para voltar as vezes e admirar de novo o amor mais doce e angustiante que já passou por essa terra.
Preciso terminar direito, com o peito aberto, sem dor, sem motivo ruim. Preciso olhar e admirar a vida que soubemos fazer. Eu volto para consertar todos os erros que cometi com você, e te permitir consertar os seus. Para que o amor que eu sinto torne-se livre de fato. Para que eu me reconstrua todos os dias. E volte a dar corda ao meu coração, para aqueles que estão me pedindo para entrar.

Há sempre algo novo querendo se apresentar. Há sempre um ponto de luz em todos os cantos do mundo. Há sempre uma mão carinhosa sendo ofertada, e um Deus misericordioso me estendendo seu colo cheio de amor, e me dizendo para não temer, que o meu caminho é cuidado por Ele, e foi isso que me fez entender de vez que para tudo na vida há o tempo certo, as pessoas que aqui me chegam tem seu proposito e partem quando devem. Se for para você ficar, não adianta eu te implorar para ir. Uma hora acabarás voltando, e a reciproca é verdadeira. Não adianta me agarrar aos seus quadris ou te amarrar a mim, se o teu destino for desconecto ao meu, partirás.
A solução sábia então é pura e simplesmente a compreensão de que vivemos ao maximo o que podemos, fazemos o melhor em todos os nossos passos, e o destino da estrada, nós olhamos para cima e entregamos ao Pai. Ele cuida de todos seus filhos com o mesmo amor. Basta que deixemos seus amor nos tocar.

Se for do teu destino se juntar ao meu, limparei meu coração, farei dele um lar, para quando você quiser entrar. Se for do meu destino do seu jardim cuidar, farei de mim uma nova mulher, disposta a buscar felicidade a todo instante para te presentear. E encher seus rosto de sorrisos todos os dias. E fazer do meu colo teu leito, todas as noites. Seu abrigo, e minha alegria.
Se for do meu destino outro ser encontrar, que eu te deixe tão feliz quanto estavás quando o encontrei. Que eu seja leve como outrorá fui, e que o fim me seja belo, e não amargo como a maioria dos fins parece ser. Seja qual for o destino que Deus escolheu para nós, eu só peço que na hora da decisão meu coração esteja aberto, assim como o seu. E que no final, só continue conosco o que foi bom.

4 comentários:

aninhagr@hotmail.com disse...

Ah, que texto belíssimo, minha amiga. Como sempre, verdadeiro, aberto e leve, como você. Uma pessoa assim só tem que ser feliz! Teu coração é um prêmio; quem ganhá-lo que saiba muito bem cuidá-lo. Beijo e ótima semana! Wathever works...

R;* disse...

Ele não era pra mim, durou o tempo certo, tenho que admitir! Tudo em mim doí, mas vai passar, tenho que ser forte né?!
Seu texto tá lindo, me deu coragem pra seguir em frente!
Beeijo ;*
Uma ótima semana!

Déborah Simões disse...

adorei, flor...
amo teu blog...
bjok...

*Jéssica Marques* disse...

Adorei seu blog!escreve muito bem!
to te seguindo!se quiser segue também:
jessicaamarques.blogspot.com
bjbj