sábado, 28 de junho de 2008

E a nossa história não ficara perdida sem um final.


Eu poderia escrever um livro com todas as nossas histórias, mas livros exigem finais felizes, e eu não quero escrever um drama ou algo que entristeça as pessoas no final.
Eu deveria contar só o começo e parar, assim daria margem para a imaginação dos leitores. E daria uma boa história com certeza, afinal todo começo de romance é bom, sempre tem emoção, comédia, aventura, ação, adrenalina e beijos apaixonados até que os olhos mudem de cor.
É, eu poderia escrever sobre isso, mas como escreveria o final?
Ainda estamos naquela parte do filme - ou do livro - em que fingimos que está tudo sob controle, saímos com outras pessoas e nos forçamos a agir como se estivéssemos seguindo em frente, quando na verdade nós sempre nos olhamos quando aquela música toca, e não conseguimos evitar uma mão encostar na outra e ficar longe se tornou impossivel.
Com certeza alguém já escreveu sobre isso, acho que já vi esse filme no mês passado na Globo, só não consigo me lembrar como termina... Como termina mesmo?
Não dá pra escrever um livro sem final, isso seria tedioso, as pessoas precisam de grand finales. Eu mesma nao leria um livro sem um final satisfatória, e odiaria passar horas me dedicando a leitura de um livro que tenha um desfecho mediocre.
Não. Definitivamente Não.
Isso significa que não posso escrever um livro sobre nós ainda Nós ainda não têmos nosso final, você vê? Estamos no meio da história, na bifurcação da estrada, naquele "ou vai ou fica".
Talvez eu devesse mesmo ir, mas estou no meio de uma história sobre o sorriso de uma menina da lua que se apaixonou pelos olhos castanhos de um menino do mar, e estou perdidamente e irremediavelmente curiosa para saber como termina essa história.

"Se amanha não for nada disso, caberá só a MIM* esquecer."

16 comentários:

DuDu Magalhães disse...

... Eu poderia escrever um livro da minha vida, mas prefiro guardar esse segredo apenas comigo mesmo, tem coisa que não foram feitas pra serem reveladas...

Seu texto está instigante do começo ao fim, perfeita concordância verbal... só que esperava um 'Meio mais feliz- Mas, faz parte...


Aceita Sorvete de Morango?!

http://visaocontraria.blogspot.com/


abrasss

Cássia Barbosa disse...

Que nada!
Eu tenho um blog de textos... Enfim, os textos viram histórias... td mundo manda eu escrever umm livro. E o engraçado q a história anterios, não teve final feliz pros protagonistas.
Não é necessário q sempre tenha o final esperado. A história é tua, escreves como quiser, como achar melhor. E o bom, é que vc já começa pensando em como vai terminar, e no decorrer da história, aquilo q vc preveu no início começa a mudar.
Pensei sim em escrever um livro, se vc achar que quer, e com certeza vai conseguir fazer uma história linda.
Bjos!

http://www.porta-joias.blogspot.com/

Fade to Grey disse...

axo legal blogs com textos desse tipo
as vezes me deixa depressivo, mas as vezes levanta meu astral

passa la no meu se não tiver nada pra fazer (:
;*

Dantas. disse...

Gostei da sinceridade de seus textos.
parabéns pelo blog.ta simples e bonito.

Khaos disse...

você tem algo que eu adoro!
pelas suas palavras já vi que você se doa em uma relação,é que nem eu...
isso é lindo,guria,e seu blog também!

visite o meu,acho que falamos do mesmo assunto e estamos passano pelas mesmas coisas

Julio cesar disse...

INTERESSANTE =)

Jemimma ~♥~ disse...

Eitah, cara, tocou essas suas palavras! Foi fundo mesmo, sabe,tipo assim, vc descreveu minha vida! Tô passando por um momento assim... triste, mas fingindo ser forte, fingindo que está tudo bem, ficando com um cara mas a cabeça tah no ex... um ex que liga, que me visita e que eu amo! aiii, pq eu naum tenho um final feliz hein? Me diz!

Bruno R.Ramos disse...

Deveria tentar publicar essa crônica intimista e romântica com um toque existencial em um livro ou coletânea. Se interessar estou montando uma.
Abraços

Art =] disse...

muito bom o blog...o ultimo texto enton;...perfeito

;D

bjaum

Larissa A. disse...

Blog legal, parabéns! ;)

Thaaa ~* disse...

excelente o texto :D
aah te add la nos
favoritos :D
ta la na pág inicial do meu
blog agora, ok?

adorooo aqui!

Beeijo grande ;*

molly disse...

um dia após o outro

Bruno Resende Ramos disse...

Oi Rebeca,
SObre suas crônicas. Veja bem, vc já as tem publicado virtualmente, de modo não oficializado, você é uma escritora de crônicas. Li e gostei do estilo, por isso, a título de orientação, como editor e escritor, oriento a registrar suas melhores obras. O melhor meio é a impressão em formato livro. A lei de direitos autorais com o advento da rede social (internet - Orkut e blogs) tem sido muito debatida. QUando os editores interessaram por meus textos, informaram-me dessas nuances que acredito se levadas a sério, vale a pena pensar. Então, daí passei a publicar textos em conjunto com outros autores de modo cooperativo. Estou lançando agora uma coletânea, por exemplo, que tira do virtual para o meio impresso escritores de muitos blogs, R.TICS, Mônica Santos, Edir Ramos, Fernando Soares Campos, Aristides Ferreira Filho etc. Serão ao todo 24 autores. O nome da antologia é "Poemas e outros encantos".Imagine vc ter um livro publicado. Se interessar conheça o projeto "Nova Coletânea", que desnvolverá uma antologia de contos e crônicas da net.
Um grande abraço

Thaaa ~* disse...

também gosto demais daqui !!

Brigada pela visita lá :D

Voltaa? Atualizei agora :)

Beijo grande ;*

Jana Moraes disse...

Minha estória de amor é meio que um dramalhão mexicano, baseado em histórias em quadrinhos...
Dá pra entender? Bom, na dúvida...
Passa na Maçã...

http://macacomlimao.blogspot.com

Leia Blue Moon e entenda oque é o amor entre um coordenador e sua aluna.

Naomi disse...

Lindoo!
Gosteii

bjuu!

=*
http://huum-justlikeheaven.blogspot.com/